O Conceito de Flow

Em 1999 conheci um conceito muito importante: Flow. Ao fazer a pesquisa, notei que o termo foi popularizado a tal ponto que o livro do autor foi parar (erroneamente) na área de auto-ajuda (Senhor, perdoai, pois eles não sabem o que fazem).

Eu traduzi livremente para Transe num artigo que escrevi e
foi publicado na Edição de Setembro/Outubro de 2000 da Revista da ESPM. Posteriormente, o conceito foi traduzido como Fluxo, o que não representa em cem por cento o estado mental que entramos quando desafio e habilidades são compatíveis. O importante é que esta ideia e modelo maravilhosos foram usados em teses de doutoramento e trabalhos acadêmicos ligadas a Games e quem joga saberá entender que faz total sentido.

Esse conceito foi criado por Mihali Csikszentmihali em 1998, e relaciona o conceito com o bem estar que um usuário sente ao entrar num site preparado para atendê-lo, uma vez que segue seus Modelos Mentais.

Apesar do tempo que foi escrito, continua atual.

Para baixar o artigo, clique aqui.

2 Replies to “O Conceito de Flow”

  1. Rafael disse:

    Muito bom o comentário, acredito que este mesmo conceito se aplica para pessoas que praticam música, você não acha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Categoria de Posts

maio 2019
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
© 2019 UX Change by Amyris Fernandez . Theme by Viva Themes.